Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Secretário afirma que Ranking de Competitividade dos Estados incentiva produtividade e crescimento econômico
Início do conteúdo da página

Secretário afirma que Ranking de Competitividade dos Estados incentiva produtividade e crescimento econômico

Da Costa participou hoje (18/10) da 8ª edição do ranking que mensura os desempenhos e desafios dos estados em diferentes áreas

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, destacou, nesta sexta-feira (18/10), a importância do Ranking de Competitividade dos Estados. “É uma iniciativa louvável do CLP – Liderança Pública, pois cria uma competição positiva e bons lugares para se fazer negócios no país”, disse.

Da Costa participou hoje, em São Paulo, da 8ª edição do Ranking de Competitividade dos Estados e da entrega do Prêmio Excelência em Competitividade de 2019. Ele reforçou que tem trabalhado para promover a produtividade e o crescimento econômico do Brasil. “Não vamos ter mais décadas perdidas. A próxima será uma década de crescimento, pois estamos fazendo o dever de casa”, afirmou o secretário.

O secretário especial destacou, ainda, a necessidade de viabilizar o aumento da produtividade, da competitividade e do emprego por meio da livre iniciativa, do mercado concorrencial, do capital humano e da modernização das empresas brasileiras. “Tivemos o melhor setembro desde 2013, com a criação de 157 mil vagas de emprego formal”, ressaltou. 

Carlos Da Costa falou ainda sobre o trabalho do Ministério da Economia para desenvolver a infraestrutura no país. Segundo ele, o setor de saneamento é absolutamente fundamental e 50% da população brasileira ainda não tem acesso.

“O saneamento é onde nós estamos mais atrasados e tem enorme impacto social. Também é um setor que tem grande capacidade potencial de retorno, haja vista que não depende do ciclo econômico e do ciclo político", disse.

Vencedores do Prêmio

O Ranking de Competitividade dos Estados é um dos principais instrumentos de avaliação da gestão pública do Brasil, estruturado em dez pilares e 69 indicadores que podem ser utilizados para medir os desempenhos e desafios dos estados em diferentes áreas.  

O Prêmio Excelência reconhece os estados que se destacaram com boas iniciativas e na execução de políticas públicas. Segundo informações da organização do prêmio, a edição de 2019 contou com 123 inscrições de 21 estados brasileiros. Os vencedores das categorias Destaque Internacional e Destaque Crescimento foram São Paulo e Alagoas, respectivamente.

Produtividade

Na noite anterior, quinta-feira (17/10), Carlos Da Costa participou do Trevisan Day, evento promovido pela Trevisan Escola de Negócios, em São Paulo, e falou sobre a Produtividade e empregabilidade para indústria 4.0. 

“Criamos a Câmara Brasileira da Indústria 4.0 e levaremos ao Congresso o novo marco legal das startups. Estamos com plano bastante extenso para aumentar a produtividade das pequenas empresas e promover o crescimento no país. Estamos certos de que o Brasil tem condições de vencer”, finalizou. 

registrado em:
Fim do conteúdo da página