Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Ministério da Economia inicia política de Mesas Executivas para discutir temas setoriais
Início do conteúdo da página

Ministério da Economia inicia política de Mesas Executivas para discutir temas setoriais

Primeiro segmento a ser contemplado é de Tecnologia da Informação. Encontro ocorreu na última quinta (28/3), em Brasília, e reuniu mais de dez associações, empresas e representantes do MCTIC e da Receita Federal

A Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação (SDIC), órgão da estrutura da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) do Ministério da Economia, iniciou na última quinta (28/3) a política de Mesas Executivas, com o objetivo de criar um canal de comunicação direta para discutir questões pontuais que afetam setores da economia de forma horizontalizada. O primeiro encontro foi com o segmento de Tecnologia da Informação, na sede da Sepec, em Brasília.

A reunião, liderada pelo Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos Da Costa, com o apoio do secretário de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação, Caio Megale, contou com a participação de representantes de associações como Brasscom, Abinee, ABES, P&D Brasil, ASSESPRO, e de empresas como Positivo Tecnologia, Intelbras, Stefanini IT Solutions, Microsoft Brasil e Totvs. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicações e a Receita Federal acompanharam as discussões.

Como explicou Carlos Da Costa, o tema Tecnologia da Informação foi escolhido por representar o setor do futuro e dialogar com ações importantes da Sepec, tratadas pelas subsecretarias de Inovação, de Desenvolvimento Produtivo, de Rede e Industrial e de Comércio e Serviços.

Na pauta da Mesa Executiva foram discutidos temas como a necessidade de estímulo ao investimento privado em startups e a regulamentação da alíquota do Imposto de Renda aplicada sobre os chamados investidores-anjo, as dificuldades para a instalação de Data Center no Brasil, os entraves nas análises de processos da Lei do Bem. O uso de tecnologia aplicada na modernização dos parques fabris, com a utilização de IoT (internet das coisas) e os impedimentos relacionados à conectividade, velocidade de banda, cobertura e estabilidade da rede também foram debatidos pelo grupo.

Participantes do setor de TI
• Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação)
• Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica)
• ABES (Associação Brasileira de Empresas de Software)
• ASSESPRO (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação)
• P&D Brasil (Associação de Empresas de Desenvolvimento Tecnológico Nacional e Inovação)
• Positivo Tecnologia
• Intelbras
• Stefanini IT Solutions
• Microsoft Brasil
• Totvs
• BRQ

Próximo encontro

Nesta quinta (04/04), será lançada a Mesa Executiva do Setor de Franquias e Varejo, em São Paulo, às 15h. O secretário especial Carlos Da Costa e o secretário Caio Megale participam do evento.

registrado em:
Fim do conteúdo da página