Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Marcos Pereira recebe embaixador do Marrocos e defende avanço na relação entre os países
Início do conteúdo da página

Marcos Pereira recebe embaixador do Marrocos e defende avanço na relação entre os países

MDIC0122

Agenda segue determinação do governo de ampliar a presença do Brasil no mercado internacional

Brasília (6 de setembro) – O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, discutiu nesta terça-feira com o embaixador do Reino do Marrocos no Brasil, Larbi Moukharik, medidas para ampliar e consolidar as relações bilaterais entre os países. Foi o 12º encontro do ministro com embaixadores, desde que assumiu a pasta, em maio, com o objetivo de diversificar as parcerias comerciais do Brasil.

Larbi Moukharik disse estar confiante na atual gestão do MDIC e no governo Temer para que o Marrocos possa aprofundar as relações com o Brasil, por meio de acordos diretos entre os países. A meta é que, com o comércio bilateral, haja retomada do intercâmbio comercial aos níveis de 2012, quando ultrapassava a marca dos US$ 2 bilhões.

Marcos Pereira assumiu o compromisso de avançar na solução de pendências para que sejam celebrados acordos entre os países. “Temos agora todas as condições para avançarmos nas relações comerciais entre Brasil e Marrocos. Por isso, é fundamental que mantenhamos contato permanente entre os técnicos do ministério e as contrapartes do Marrocos. Vamos agendar missões entre os países”, declarou.

Atualmente, o Brasil analisa contraproposta marroquina ao Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos (ACFI), a ser firmado em breve. O foco do ACFI é a facilitação do fluxo de capitais, mitigação de riscos e prevenção de controvérsias, o que deverá trazer mais segurança a investidores bilaterais, além de favorecer a ampliação dos fluxos de investimentos entre Brasil e Marrocos.

O ministro propôs concluir os entendimentos de modo que o acordo possa ser assinado até o primeiro trimestre de 2017. “É uma determinação do presidente Michel Temer que levemos o Brasil e as empresas brasileiras para fora, aumentando o intercâmbio comercial”, disse. 

O Marrocos possui localização estratégica, uma vez que facilita os acessos tanto ao continente africano quanto ao europeu. Atualmente, o país importa do Brasil produtos básicos e semimanufaturados, categorias que corresponderam a 90% da pauta em 2015, com destaque para açúcar, milho e madeira. Já os marroquinos são grandes exportadores de fertilizantes, além de outros químicos usados na produção do produto em território brasileiro.

Desde o ano passado, o Brasil já assinou ACFIs com sete países, entre eles, México, Chile, Colômbia, e, na África, com Angola, Moçambique e Maláui. O Marrocos pode ser o primeiro país do Norte do continente africano a celebrar acordo do gênero com o Brasil.

Mercosul-Marrocos

O embaixador destacou, ainda, o interesse do Marrocos em retomar as negociações para que seja firmado um Acordo do país com o Mercosul. O ministro declarou que há, igualmente, interesse por parte do Brasil. Em 2004, Mercosul e Marrocos assinaram Acordo-Quadro para negociação de livre comércio. Foi realizada, em 2008, a primeira rodada de tratativas, mas não houve avanços. Este ano, o país indicou interesse na retomada do processo.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

registrado em:
Fim do conteúdo da página