Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Comércio Exterior > Daniel Godinho: "Queremos ampliar as exportações dos produtos alimentícios brasileiros"
Início do conteúdo da página

Daniel Godinho: "Queremos ampliar as exportações dos produtos alimentícios brasileiros"

IMG 0767 site

O secretário de Comércio Exterior do MDIC reuniu-se, em São Paulo, com representantes da agroindústria na Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA)

São Paulo (7 de junho) - O secretário de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Daniel Godinho, reuniu-se, nesta terça-feira, em São Paulo, com representantes da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), entidade que reúne grandes empresas do setor do agronegócio. O objetivo da visita foi ouvir os pleitos da indústria e falar do trabalho realizado pela Secex para ampliar as vendas externas de produtos alimentícios brasileiros.

O secretário afirmou que a Secex está implementando medidas que visam facilitar o acesso das empresas ao mercado exterior. "Nosso projeto de janela única, o Portal Único de Comércio Exterior, já está em desenvolvimento desde abril de 2014. Quando completamente implementado, em 2017, o Portal Único vai diminuir o tempo médio de exportação de 13 para 8 dias e o de importação de 17 para 10 dias". A meta é atingir os prazos médios registrados pelos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). "Estamos em processo de reformulação dos fluxos de importação e exportação e, para que o trabalho tenha êxito, precisamos de estreita cooperação com o setor privado", disse Godinho.

Durante a reunião, o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra, que também é vice-presidente da Associação Latinoamericana de Avicultura, destacou o potencial do agronegócio no atual cenário econômico do país, especialmente com a produção de proteína animal.

Aumento de exportações

Segundo dados da ABPA, o setor cresceu 1,8% em 2015 e a tendência para 2016 é de aumento das exportações. Em maio, os embarques totais (considerando produtos in natura, embutidos, salgados e industrializados) chegaram a 393,8 mil toneladas, volume 19,6% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. Com o resultado de maio, o setor acumulou alta de 16,28% nos cinco primeiros meses de 2016 em relação ao mesmo período do ano anterior, chegando a 1,854 milhão de toneladas. A receita total do ano chegou a R$ 10,148 bilhões, crescimento de 25% em relação ao obtido entre janeiro e maio de 2015. Os principais mercados para os produtos do setor são China, Arábia Saudita, Hong Kong, Rússia, Emirados Árabes Unidos e México.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC
(61) 2027-7190 e 2027-7198
imprensa@mdic.gov.br
 
Redes Sociais:
www.twitter.com/mdicgov
www.facebook.com/mdic.gov
www.youtube.com/user/MdicGovBr
www.flickr.com/photos/mdicimprensa
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr
https://soundcloud.com/mdic

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página