Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Disseminação do BIM aumentará PIB da Construção Civil em 28,9%
Início do conteúdo da página

Disseminação do BIM aumentará PIB da Construção Civil em 28,9%

Criado: Sexta, 15 de Março de 2019, 15h23 | Publicado: Sexta, 15 de Março de 2019, 15h23 | Última atualização em Sexta, 15 de Março de 2019, 18h37

Em evento realizado em parceria com Reino Unido, secretário Caio Megale destaca benefícios do Building Information Modelling para o setor público

A disseminação de processos e tecnologias relacionadas ao Building Information Modelling (BIM) aumentará o PIB do setor da construção civil em 28,9% até 2028. A declaração foi dada pelo secretário da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia, Caio Megale, que participou, nesta quarta-feira (13), de um seminário sobre o tema em Brasília.

Megale explicou que o modelo de gestão de informação BIM aumenta a produtividade e reduz custos e riscos na construção civil. Além disso, ao fornecer informações precisas sobre qualidade e quantidade de materiais e prazo da construção, promove a transparência de compras públicas.

“A modelagem BIM proporciona redução de aditivos contratuais e prorrogações de prazo de conclusão e de entrega das obras. Para o setor público, isso significa mais segurança nas estimativas de custos e no cumprimento dos prazos e maior transparência no processo licitatório”, destacou.

O BIM já é amplamente utilizado em outros países. Segundo dados apresentados pela subsecretária da Indústria, Talita Saito, Estados Unidos, México, Canadá, Rússia, China, Portugal, França, Chile e Argentina têm ações e projetos para ampliar a adoção da modelagem. Entre 2011 a 2015, o governo do Reino Unido conseguiu economizar de 3 milhões de libras com a implantação do BIM.

“É uma modelagem bastante exitosa. O Banco Interamericano de Desenvolvimento calcula que é possível ter uma economia de 15% em edificações, 16% em infraestrutura urbana e 12% em infraestrutura industrial”, explicou.

Estratégia BIM BR

Em maio de 2018, o governo brasileiro lançou a Estratégia BIM BR. A iniciativa, coordenada pela pelo Ministério da Economia e que conta com a participação da Casa Civil, Secretaria de Governo da Presidência da República e pelos ministérios da Infraestrutura, Defesa, Saúde e Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e do Desenvolvimento Regional, busca promover a modernização e a transformação digital do setor da construção.

Com a estratégia, o governo federal pretende que, até 2028, os custos da construção sejam reduzidos em 9,7% e a produtividade cresça 10%.

O setor de construção civil emprega quase 2 milhões de trabalhadores formais, e representa 4,8% do Valor Adicionado Bruto Nacional e 22,4% do Valor Adicionado Bruto da Indústria. A cadeia da construção inclui mais de 200 mil estabelecimentos.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página