Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > MDIC quer relançar versões setoriais do site ‘Aprendendo a Exportar’
Início do conteúdo da página

MDIC quer relançar versões setoriais do site ‘Aprendendo a Exportar’

Criado: Quinta, 20 de Setembro de 2018, 15h41 | Publicado: Quinta, 20 de Setembro de 2018, 15h41 | Última atualização em Quinta, 20 de Setembro de 2018, 15h42

Negociações já estão em andamento com o Instituto Brasileiro da Cachaça

São Paulo (20 de setembro) – O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) pretende lançar uma versão setorial para o site “Aprendendo a Exportar” voltado para o setor da cachaça. As negociações entre o MDIC e o Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) para a assinatura de um acordo de cooperação técnica já estão em andamento e o objetivo é impulsionar a exportação do produto. O anúncio foi feito pelo coordenador-geral de Programas de Apoio à Exportação (Deaex) da Secretaria de Comércio Exterior do MDIC, Victor Maselli Neto, durante o evento “Meet Point – Cachaça, símbolo nacional”.

“O brasileiro ainda não internalizou a cultura exportadora. Talvez pelo tamanho de nosso mercado interno que é muito grande”, explicou Maselli. E acrescentou: “O interesse do MDIC é mostrar que todos os empresários podem exportar, sejam pequenos, médios ou grandes. Por isso temos o site ‘Aprendendo a Exportar’, de acesso gratuito, apresentando os procedimentos operacionais para fazer vendas ao exterior”.

O segmento da cachaça é estratégico. É a segunda bebida mais consumida no Brasil, representa 72% do mercado de destilados do país, tem uma capacidade instalada de produção de 1,2 bilhão de litros e mais de 11 mil produtores, dos quais apenas 1 mil registrados no Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA). Como bebida típica do Brasil, ela já é reconhecida por três países: Colômbia, Estados Unidos e México. E há negociação em curso para que seja reconhecida também pela União Europeia, China e Austrália. Só a título de comparação, a tequila é reconhecida como bebida típica por mais de 40 países.

“O MDIC tem vários programas de apoio às exportações, operados em parceria com diversos agentes. Temos o PNCE – Plano Nacional de Cultura Exportadora, o Encomex, o Invest Export Brazil e o Comex Responde”, listou Maselli. O PNCE é uma grande rede de instituições públicas e privadas que trabalham para impulsionar a exportação. O Encomex promove encontros de forma setorial para apresentar as potencialidades do comércio exterior. O Comex Responde esclarece dúvidas dos empresários. E o Invest & Export Brasil é um portal com informações sobre exportação, importação e investimentos. Nele os empresários também têm acesso a um calendário de feiras e eventos internacionais para apresentar seus produtos.

“Estamos trabalhando no MDIC para fazer o comércio exterior atrair mais empresas e ganhar ainda mais destaque na economia brasileira”, concluiu Maselli.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 

(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página