Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Rota 2030: Toyota anunciará investimentos no Brasil nos próximos dias
Início do conteúdo da página

Rota 2030: Toyota anunciará investimentos no Brasil nos próximos dias

Criado: Sexta, 14 de Setembro de 2018, 12h11 | Publicado: Sexta, 14 de Setembro de 2018, 12h11 | Última atualização em Sexta, 14 de Setembro de 2018, 12h11

MDIC assinou, nesta sexta, memorando de entendimento com montadora japonesa

Toyota (14 de setembro) - A Toyota anunciará, nos próximos dias, investimentos  no Brasil nos marcos do Rota 2030. O secretário de Desenvolvimento e Competitividade Industrial do MDIC, Igor Calvet, e o CEO da montadora, Steve St. Angelo, assinaram, nesta sexta, um memorando de entendimento no Japão. O documento estabelece que o governo brasileiro e a Toyota discutirão investimentos considerando a nova política do setor automotivo. Lançado em julho, o Rota 2030 estipula metas em termos de eficiência energética, tecnologia e segurança.

“As empresas japonesas têm um nível tecnológico altíssimo. Quando elas investem no Brasil, há uma redução da distância entre o veículo produzido e aqueles desenvolvidos nos centros tecnológicos mais avançados do mundo”, explicou Calvet.

Para Ricardo Bastos, vice-presidente da Anfavea e diretor de Relações Governamentais da Toyota Brasil, o Rota 2030 desempenha  um papel importante na atração de novos recursos para o Brasil. “Ele traz regras claras e previsibilidade, uma demanda antiga do setor. Alguns investimentos demoram de cinco a 10 anos para colhermos resultados. Então, o longo prazo para a indústria automobilística é fundamental”, disse.

A Toyota tem quatro fábricas no Brasil (São Bernardo do Campo, Indaiatuba, Sorocaba e Porto Feliz) que totalizaram, entre 2012 e 2017, um investimento de R$ 4,2 bilhões.

Segundo a base de dados da Renai (Rede Nacional de Informações sobre o Investimentos), do MDIC, desde 2013, já foram anunciados mais de US$ 7 bilhões em investimentos com capital de origem japonesa no Brasil.

Zero emissão

Na cidade de Toyota, os secretários Igor Calvet e Rafael Moreira (Inovação e Novos Negócios) conheceram a planta que produz o Prius, modelo elétrico lançado em 1997.

Em 2017, mais de 40% dos veículos vendidos no Japão pela Toyota foram elétricos. A montadora pretende zerar a emissão de carbono de seus carros e de suas fábricas até 2050.

Missão

O MDIC realizou, nesta semana, uma missão no Japão. Igor Calvet e os secretários Rafael Moreira (Inovação  e Novos Negócios) e Thaíse Dutra (Conselho Nacional das ZPEs - CZPE) se reuniram com executivos de montadoras e de outras empresas e representantes do governo japonês. Eles apresentaram o Rota 2030, a Agenda Brasileira da Indústria 4.0 e o regime brasileiro das Zonas de Processamento de Exportação.

Nesta sexta, Thaíse Dutra esteve com representantes da Câmara Brasileira de Comércio Brasil - Japão. “Fechamos uma parceria, que contará com o apoio da Embaixada brasileira, para divulgar informações sobre nossas zonas de processamento aqui no Japão. Vamos organizar um calendário de atividades, que incluirá reuniões com empresários, publicação de artigos e realização de eventos para o público japonês”, contou a secretária-executiva do CZPE.

Na semana que vem, o grupo segue para Seul.

Também participam desta missão aos países asiáticos representantes da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e Apex-Brasil.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 

(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br

registrado em:
Fim do conteúdo da página