Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > No Amazonas, Marcos Jorge inaugura primeira Unidade Básica Fluvial de Fiscalização e Pesquisa da América Latina
Início do conteúdo da página

No Amazonas, Marcos Jorge inaugura primeira Unidade Básica Fluvial de Fiscalização e Pesquisa da América Latina

Criado: Sexta, 22 de Junho de 2018, 17h01 | Publicado: Sexta, 22 de Junho de 2018, 17h01 | Última atualização em Segunda, 25 de Junho de 2018, 11h57

22 06 18 agenda manaus unidade basica fluvial

A embarcação do IPEM-AM será referência por ser a primeira a desenvolver pesquisa científica por meio fluvial na região da maior floresta úmida tropical do mundo

Iranduba (22 de junho) - O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge, e o presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Carlos Augusto de Azevedo, inauguraram hoje a primeira Unidade Básica Fluvial de Fiscalização e Pesquisa (UBFFP) da América Latina em Iranduba, a 27 km de Manaus (AM).

A embarcação foi construída com recursos federais (R$ 3 milhões) e, além das fiscalizações típicas dos órgãos delegados do Inmetro, no âmbito da metrologia legal e da avaliação da conformidade, será utilizada para desenvolvimento de pesquisa científica básica e aplicada, por meio fluvial.

Na solenidade de inauguração, o ministro destacou a importância dos investimentos do governo federal no desenvolvimento da região. Ele lembrou que essa é a segunda embarcação que cumpre o papel de fiscalização do estado do Amazonas.

“Temos aqui uma região que depende basicamente da navegação: no estado do Amazonas, os rios são nossas avenidas. Então, estamos levando qualidade para que a população dos municípios do interior tenha acesso ao mesmo nível de prestação de serviço por parte do poder público que em outras regiões do país”, afirmou Marcos Jorge.

“É um projeto inovador, de uma embarcação equipada com modernos laboratórios, que vai navegar pelos rios da Amazônia com a missão de impulsionar descobertas e estudos científicos num lugar que concentra boa parte da biodiversidade do planeta”, completou.

O ministro também destacou que pequenos produtores do interior vão receber apoio técnico da Unidade Básica Fluvial para a certificação de seus produtos com o programa “Selo Amazônico”, que aumenta a competitividade dos produtos para venda nos mercados interno e externo.

Como explicou Marcos Jorge, os pesquisadores também se beneficiarão da maior proximidade dos laboratórios com os locais de coleta de material, o que pode levar a uma maior rapidez e precisão de resultados.

Embarcação

Após a inauguração, o ministro visitou o barco onde foram instalados os laboratórios itinerantes. Por meio da engenharia genética e utilizando equipamentos de alta tecnologia, os laboratórios itinerantes realizarão a identificação de espécies da fauna e flora locais, farão análises de alimentos, de qualidade da água, do sol, dos minerais e da qualidade genética e sanitária de peixes.

A embarcação é equipada com laboratórios de preparo de amostras, pré-PCR e pós-PCR (amplificação e análise de DNA e RNA), com capacidade para 250 ensaios por mês, com equipamentos de alta tecnologia.

Podem ser feitas, por exemplo, verificações de autenticidade de produtos regionais, detecção de contaminação em alimentos e bebidas, levantamentos de microbiota, de flora, faunísticos, epidemiologia e investigações clínicas.

“Isto, certamente, se refletirá em ganhos econômicos para a região amazônica, que possui cerca de 40 mil fruticultores, muitos deles, pequenos proprietários rurais, que dependem dessa renda para sustentar suas famílias”, destacou o ministro Marcos Jorge.

Segundo o chefe do Inmetro-AM, Márcio André Brito, a UBFFP vai propiciar a manutenção e qualidade das amostras coletadas “in loco” em diferentes regiões do estado, produzindo resultados fidedignos. “Os benefícios da engenharia genética, que serão utilizados, darão um salto à pesquisa e desenvolvimento no Amazonas”, afirmou Brito.

 

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 

(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa

registrado em:
Fim do conteúdo da página