Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Marcos Jorge lança o projeto Corregedoria Digital
Início do conteúdo da página

Marcos Jorge lança o projeto Corregedoria Digital

Criado: Quarta, 13 de Junho de 2018, 15h47 | Publicado: Quarta, 13 de Junho de 2018, 15h47 | Última atualização em Quarta, 13 de Junho de 2018, 17h37

site mdic 2

A partir de tecnologias já contratadas, criou-se um ambiente produtivo totalmente interativo, integrando todos os membros e as atividades da Corregedoria-Geral do MDIC

Brasília (13 de junho) – Foi lançado hoje, pelo ministro Marcos Jorge, em Brasília, o projeto Corregedoria Digital, que está sendo implementado no MDIC com apoio da Corregedoria Geral da União (CGU). O projeto, que utiliza tecnologias disponíveis e já contratadas, criou um ambiente produtivo totalmente interativo, integrando todos os membros e as atividades da Corregedoria-Geral do MDIC. Todo o desenvolvimento contou com apoio técnico da Corregedoria Geral da União. Através da parceria entre o MDIC e as empresas Lanlink e Microsoft foi feita a customização de ferramentas digitais já adquiridas para o trabalho dos servidores, mas que eram, muitas vezes, subutilizadas. As adequações propostas pelo MDIC foram suportadas pela Microsoft e realizadas pela equipe de desenvolvimento da Lanlink sem custos adicionais.

“Nossa intenção é levar as atividades de nossa área correcional a um novo patamar, promovendo ganhos de eficiência, qualidade e efetividade. Estamos quebrando velhos padrões e inovando na forma de trabalho do setor público”, declarou o ministro no lançamento do projeto, realizado na Escola da AGU em Brasília, que contou com a presença do corregedor geral da União, Antônio Carlos Nóbrega. Ele avalia que há uma grande possibilidade da ideia ser replicada em outras Corregedorias. “A possibilidade é total. Certamente, pelo que já se percebe, os ganhos serão muito grandes e poderemos compartilhar isso com outras Corregedorias dentro do Poder Executivo Federal”, disse o corregedor geral da União.

O ministro Marcos Jorge também ressaltou a importância de se estabelecer, em parceria com o Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União, um ambiente de integridade. “Fortalecemos a governança, o controle, a Ouvidoria e a Corregedoria. Também determinei a adesão de todo sistema MDIC, dos quais fazem parte INPI, Inmetro e Suframa, ao Programa de Fomento à Integridade Pública, o (Profip), da CGU. Entendo que é fundamental para este momento de transformação social a adoção, em todas as instâncias, dos melhores princípios de conduta, ética, transparência e comprometimento com a legislação vigente”, disse Marcos Jorge.

O ministro também citou as ações de desburocratização que estão sendo implementadas e que que agilizam o atendimento às demandas da sociedade. Em 2017, foram executadas 51 ações voltadas à rapidez de decisões e suporte ao poder público. Para 2018, foram elencadas outras 23 novas medidas que serão executadas e monitoradas.

O ministro detalhou algumas das vantagens da Corregedoria Digital. Uma das principais, segundo ele, é o aumento de produtividade obtido com a transformação dos dados de vídeos, áudios, documentos, manuscritos e imagens, em informações estruturadas e pesquisáveis, nos módulos “Smart Vídeo” e “Acervo Digital”. “Esta operação é realizada através dos recursos da inteligência Artificial e Computação Cognitiva. Com isso, alcançamos um aumento significativo na análise e produção dos artefatos que integram um processo, incluindo-se aí a transcrição automática de depoimentos e reuniões”, explicou.

Outro fator a se destacar, de acordo com Marcos Jorge, é a melhoria da gestão com o acompanhamento dos indicadores de custos e prazos de todos os procedimentos disciplinares, através dos módulos “Gestão do Ciclo de Vida dos Processos” e “Gestão da Produtividade”. A medição da performance na condução dos procedimentos e da efetividade dos resultados obtidos, segundo o ministro, é de fundamental importância para o aperfeiçoamento da gestão pública.

“Cabe ressaltar ainda o grande destaque dado pela equipe do projeto aos aspectos de segurança com relação à computação em nuvem, em questões como criptografia de dados e rastreabilidade de todo e qualquer acesso à informação”, citou.

Além disso, o MDIC já iniciou o estabelecimento de uma série de medidas, incluindo um acordo com o Centro de Transparência da Microsoft, visando à Certificação da Solução "Corregedoria Digital" segundo a norma internacional de Segurança da Informação. “Também enalteço a indicação do Projeto Corregedoria Digital para o Premio Microsoft Inspire de inovação no setor público. O que, por si só, já é um indicador de sucesso do nosso projeto”, declarou Marcos Jorge.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 

(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa

registrado em:
Fim do conteúdo da página