Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Ministro Marcos Jorge se reúne com Manfredo Rübens, novo presidente da Basf para a América do Sul
Início do conteúdo da página

Ministro Marcos Jorge se reúne com Manfredo Rübens, novo presidente da Basf para a América do Sul

Criado: Sexta, 08 de Junho de 2018, 17h25 | Publicado: Sexta, 08 de Junho de 2018, 17h25 | Última atualização em Sexta, 08 de Junho de 2018, 19h26

08.06.18 marcos jorge basf casa economica2

Executivo assumiu as operações da companhia no continente há um mês

São Paulo (8 de junho) - O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge, esteve hoje com o novo presidente da Basf para a América do Sul, Manfredo Rübens. O executivo assumiu as operações da companhia há um mês. O encontro aconteceu na CasaE Basf, uma iniciativa inspirada no conceito de “ecoeficiência”, que apresenta tecnologias e soluções para a indústria da construção. A casa fica instalada na cidade de São Paulo.

O espaço tem 400m² e apresenta soluções inovadoras e sustentáveis desenvolvidas pela Basf e seus parceiros, com o objetivo de divulgar tendências de tecnologias aplicadas ao setor da construção. A iniciativa pretende incentivar a redução do consumo de água e energia, garantir conforto térmico e acústico e aumentar a produtividade e durabilidade das construções.

Segundo o ministro é “importante ver na prática os resultados concretos do investimento em pesquisa, desenvolvimento e inovação. Essa iniciativa nos permite entender a aplicabilidade de diversas tecnologias”, disse.

Para Manfredo Rübens, “a CasaE é um exemplo de inovação e sustentabilidade e mostra soluções que atendem não só o setor de construção, mas diversas indústrias. Por isso, estamos orgulhosos de receber o Ministro da Indústria, Comércio e Serviços, Marcos Jorge, na nossa casa conceito."

O secretário de Desenvolvimento e Competitividade Industrial do MDIC, Igor Calvet, também acompanhou a agenda. Segundo ele, o contato permanente com o setor produtivo proporciona um conhecimento importante da realidade das empresas. “É in loco que conseguimos dimensionar e entender muitos dos desafios e gargalos enfrentados pela nossa indústria”, disse.

A Basf investe 1,8 bilhão de euros em pesquisa e desenvolvimento no mundo. Os aportes em P&D destinados às operações instaladas na América do Sul são todos realizados no Brasil. A companhia alemã tem 150 anos e desde 1911 está instada no Brasil. No ano passado, a empresa tinha 3.833 colaboradores no país.

Casa econômica

A Basf planejou e construiu, no mesmo terreno, o projeto de uma casa econômica. A construção tem 32m² e foi desenvolvida com foco na redução do déficit de moradias urbanas. Um time de engenheiros e arquitetos da empresa recebeu o desafio de planejar e construir a casa protótipo em 45 dias. “O resultado foi uma moradia muito bem dividida, com os espaços muito bem aproveitados. Acredito que dá até para um casal morar nesse espaço e morar com bastante dignidade”, avalia o ministro.

Segundo a Basf, a metodologia, tecnologia e soluções aplicadas permitem uma construção mais rápida, eficiente, com redução de mão de obra e resíduos e, ainda, mais durável. A estrutura, cobertura e fechamento da Casa Econômica foi montada em três dias.

 

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 

(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

registrado em:
Fim do conteúdo da página