Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Convênios > Assuntos > Comercio Exterior > Interação Universidade-Empresa
Início do conteúdo da página
Convênios

Interação Universidade-Empresa

Publicado: Quinta, 28 de Janeiro de 2016, 15h04 | Última atualização em Sexta, 12 de Fevereiro de 2016, 10h10

O papel das universidades e institutos científico-tecnológicos públicos vai além de fornecer mão de obra qualificada para o mercado de trabalho e as possibilidades de interação entre universidades, governo e empresas se expandem na medida em que se expandem as necessidades da própria sociedade contemporânea.

A dinâmica das universidades é distinta da das empresas privadas, mas isto não significa que não seja possível uma interação produtiva entre elas. Há vários mecanismos de relacionamento: um deles é a própria adequação de currículos, de cursos e de programas de curso de forma a atender a algumas especificidades do mercado de trabalho, outro mecanismo é a realização de eventos e programas de extensão universitária e de estágios curriculares ou não; e mais recentemente, outra forma de interação tem chamado a atenção de pesquisadores e formuladores de políticas públicas na área tecnológica: é a possibilidade de transferência de tecnologia produzida na universidade para as empresas privadas.

As universidades brasileiras são reconhecidas pela sua importância na geração de conhecimento e como elo importante para que o país não se distancie das tecnologias de ponta disponíveis nos países mais desenvolvidos, e em alguns casos, possa estar à frente na produção dessas tecnologias. A questão é como as universidades e institutos de pesquisa tecnológica podem transferir essa tecnologia para o setor empresarial nacional?

Nesse sentido, o papel da Secretaria de Inovação (SI) é de articulador e de formulador de políticas que possibilitem o melhor uso de recursos públicos no atendimento às necessidades do setor produtivo no que se refere à formação de mão de obra qualificada para a inovação e de criação de mecanismos que facilitem a transferência de tecnologia da academia às empresas.

Este trabalho é desenvolvido em parceria com o e Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT),  Ministério da Educação (MEC). Com estes dois últimos a SI forma a Comissão Técnica Interministerial do Programa de Apoio à Pós-Graduação nas Instituições Federais de Ensino Superior – PAPG-Ifes.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página