Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Secretária-executiva do MDIC destaca Agenda Brasileira da Indústria 4.0 em feira do setor industrial

25.04.2018 Feimec Yana Duramesq

Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos (Feimec) reúne mais de 900 grandes empresas que atendem diversos segmentos industriais em São Paulo

Brasília (25 de abril) - A secretária-executiva do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Yana Duramesq, destacou nesta terça-feira, em São Paulo, as ações tomadas pelo governo federal para que o setor industrial brasileiro se adapte às inovações tecnológicas, entre elas a Agenda Brasileira para Indústria 4.0, coordenada pelo MDIC e ABDI. Duramesq foi uma das convidadas para a abertura da Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos (Feimec), evento que reúne cerca de 900 grandes empresas nacionais e internacionais fornecedoras de diferentes segmentos industriais.

Segundo a secretária-executiva do MDIC, a Indústria 4.0 é um conceito novo que mudará a forma de lidar com a produção de bens de consumo e materiais. “Todos nós sabemos que o Brasil precisa de uma indústria forte e preparada para o advento da 4ª Revolução Industrial. O governo e o MDIC têm um papel importante neste debate ao formular políticas públicas que buscam preparar o setor industrial para essas mudanças tecnológicas”, pontuou.

Como explicou Dumaresq, uma das principais ações neste sentido é a Agenda Brasileira da Indústria 4.0, lançada em março, que reúne um conjunto de ações e medidas para fomentar a adoção de novas tecnologias na linha produtiva das indústrias, como a abertura de linhas de crédito de cerca de R$ 9 bilhões de reais para modernização de pequenas, médias e grandes empresas.

Também está prevista a destinação de recursos para investir na formação de trabalhadores. “Estamos atentos às novas qualificações exigidas de nossa mão de obra neste processo de transição. É evidente que novas funções serão criadas. Por isso, também vamos destinar recursos para treinamento de professores de educação profissional e tecnológica”, disse. Fazem parte deste esforço para qualificação profissional o MDIC, o Ministério da Educação e a Comissão Europeia.

A retomada da atividade da indústria também foi lembrada pela representante do MDIC. “Em 2017, a produção industrial brasileira registrou crescimento de 2,5% na comparação com 2016. Trata-se do primeiro resultado anual positivo desde 2013, quando foi registrada alta de 2,1%. E o setor de bens de capital foi um dos que mais contribuiu para esta retomada, com um crescimento de 6% no ano passado. Para 2018, o governo federal espera um crescimento ainda mais consistente”, frisou.

Duramesq finalizou sua fala na Feimec  reforçando a importância do setor de máquinas e equipamentos para o progresso tecnológico do país. “Esse setor é um aliado na conquista de mercados externos e é capaz de reduzir os custos e aumentar a produtividade e competitividade dos diversos setores produtivos. Desta forma, tenho a certeza de que grandes negócios vão ser fechados nesta edição da feira”, afirmou.

Feimec 2018

A Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos é considerada o mais importante e completo evento do setor de indústria de máquinas e equipamentos da América Latina. Promovida pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ), a Feimec reúne representantes de toda cadeia de máquinas, equipamentos, peças e ferramentas e promove rodadas internacionais de negócios. O evento acontece até 28 de abril em São Paulo.

Foto: Divulgação do evento

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 

(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

registrado em:
Fim do conteúdo da página