Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Trinta empresas aceleradas por programas do MDIC são destaque no ranking “100 startups to Watch”

Objetivo da lista é orientar investidores, aceleradoras e programas de corporate venture sobre as empresas mais promissoras do país

 

05.04.18 100stw demoday inovativa 2017

Startups participam do 2º Demoday do Inovativa em dezembro de 2017 em São Paulo

Brasília (5 de abril) – Trinta empresas participantes de programas do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) foram destacadas na lista “100 startups to Watch” (100 STW), organizado pelas revistas Pequenas Empresas & Grandes Negócios e Época Negócios e pela Corp.vc, da consultoria EloGroup. O ranking busca orientar investidores, aceleradoras e programas de corporate venture sobre as empresas mais promissoras do país.

Foram avaliadas informações relativas a mercado e escalabilidade. As 1.300 startups inscritas no processo da 100 STW responderam perguntas sobre grau de inovação, tração comercial, perfil das equipes e estágio de captação de investimentos das empresas. As respostas foram analisadas por mais de 40 especialistas.

Vinte e três startups finalistas passaram pelo programa de aceleração InovAtiva Brasil, realizado pelo MDIC, Sebrae e Fundação CERTI.  Cinco empresas participaram de missões de internacionalização do StartOut Brasil, realizado pelo MDIC, Ministério das Relações Exteriores (MRE), Apex-Brasil, Sebrae e Anprotec.

Duas startups citadas irão participar, em maio, de um ciclo de imersão do StartOut no ecossistema de inovação de Berlim. Além disso, outras duas empresas passaram pelo InovAtiva e também pelo StartOut Brasil.

Na avaliação do secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Marcos Vinícius de Souza, esse resultado confirma o sucesso dos programas. “Na categoria ‘Indústria’, 75% das startups finalistas participaram do InovAtiva ou StartOut Brasil; em Impacto, 66%; e, na categoria Agronegócio, 50%. Os dados indicam que, com o apoio do ministério e de outros parceiros, as startups estão consolidando seus negócios e se tornando cada vez mais competitivas”, disse. 

Edgar Kaiser, fundador da Eficiência Fiscal, participou do último ciclo de aceleração do InovAtiva Brasil. Para ele, o networking com outras empresas e as mentorias são alguns dos principais aprendizados da aceleração.

“Os mentores nos mostraram como conseguir capital, via linha de crédito, financiamento de bancos públicos e fundos de investimento. E o contato com outras startups nos permitiu fazer um benchmarking de processos. Tivemos a oportunidade de ver em que estamos acertando e onde estão nossos erros”, disse.

“O destaque no demoday do InovAtiva também nos deu muita visibilidade. Fomos uma das primeiras empresas da região norte a chegar ao final do programa. Isso abriu contato com grupos de investidores. Recebemos diversas propostas de outras aceleradoras e incubadoras”, completou Kaiser.

Confira a lista das 30 startups selecionadas no ranking 100 STW:

      InovAtiva Brasil

  • Grão Direto
  • Horus Aeronaves
  • Tau Flow
  • Estante Mágica
  • Nexoos
  • Eficiência Fiscal
  • Delfos
  • Hand Talk
  • Pop Recarga
  • Scipopulis
  • Stattus4
  • Sumá
  • Vixsystem
  • Biomassa do Brasil
  • BirminD
  • Bynd
  • Forebain
  • Ramper
  • Trakto
  • Zeeng
  • EPHealth
  • Fix It
  • Oncotag
  • Pickcells
  • Justto

      StartOut Brasil

 

InovAtiva

Lançado em 2013, o InovAtiva Brasil é um programa gratuito de aceleração de startups. Podem participar empresas em estágio de validação, operação e tração. O programa conta com mais de 700 mentores voluntários, com representantes de grandes empresas como Google, Microsoft, Samsung, Siemens e Embraer. Mais de 640 startups já foram aceleradas pelo InovAtiva.

No ano passado, o programa foi escolhido pela OCDE como um benchmark internacional de inovação no setor público. Em 2016, o InovAtiva foi eleito a Melhor Aceleradora do país em premiação da ABStartup.

O programa é realizado pelo MDIC e Sebrae, com execução da Fundação CERTI. São parceiros do InovAtiva: Senai, ABDI, Abes Software, ABVCap, Anjos do Brasil, Anpei, Anprotec, Apex-Brasil, BNDES, Brasscom, CNI, Endeavor Brasil, Facebook, HBS Angel e McKinsey & Company.

StartOut Brasil

O StartOut Brasil é um programa de internacionalização realizado pelo MDIC, MRE, Apex-Brasil, Sebrae e Anprotec. São selecionadas, por ciclo de imersão, até 15 startups com potencial de internacionalização para participar de uma etapa de capacitação seguida de missões de imersão no exterior.

As empresas têm acesso à consultoria especializada em internacionalização, mentoria com especialistas no mercado de destino e treinamento de pitch. Além disso, durante a missão, cumprem agenda de trabalho montada para promover a prospecção de clientes e investidores e a conexão a ambientes de inovação. Nos últimos dias da missão, é realizado um demoday para investidores.

Quando retornam ao Brasil, as empresas têm apoio para definir sua estratégia de internacionalização e realizar a efetiva instalação no mercado-alvo (softlanding).

Neste ano, serão realizadas três missões de internacionalização. Em maio, as startups brasileiras terão a oportunidade de conhecer o ambiente de inovação de Berlim. No segundo semestre, as empresas selecionadas pelo StartOut Brasil irão a Miami e Lisboa.

100 startups para ficar de olho

Confira a lista das finalistas do ranking “100 startups to Watch”

Agronegócio: AgroTools, Alluagro, Grão Direto, Horus Aeronaves,Tau Flow eTbit

Educação: 12 minutos, Agenda Edu, Dentro da História, Eadbox, Estante Mágica, Me Salva! e Quero Educação

Finanças: Asaas, Celcoin, GuiaBolso, Monetus, Monkey Exchange, Nexoos, Rapidoo, Rebel e Verti

Gestão: Agendor, Arquivei, Contabilizei, Eficiência Fiscal, Espresso, Gupy, Owl Docs, Pin People e Rocket.Chat

Impacto: BChem, Biosolvit, Delfos, Hand Talk, MGov Brasil, Pop Recarga, QueroQuitar, Scipopulis, Stattus4, Sumá, Vixsystem e Zeg Environmental

Indústria: Biomassa do Brasil, BirminD, I.Systems eTNS Nanotecnologia

Lazer e turismo: ClickBus, MaxMilhas, Netshow.me e Poppin

Logística: Bynd, Cobli, Logstore, Melhor Envio, Send4 eTruckpad

Marketing: Contentools, Decision6, Exact Sales, Forebrain, Meus Pedidos, MindMiners, Ramper, SenseData, Social Miner, Squid, Tracksale,Trakto e Zeeng

Moda e beleza: Beauty Date

Realidade virtual: Imersys

Saúde e bem-estar: Braincare, Carenet Longevity, Cíngulo, ePHealth, Fix It, Hi Technologies, Labi Exames, Liv Up, Oncotag, Pickcells, Portal Telemedicina e Tismoo

Serviços: DogHero, Flapper, Full Face, GetNinjas, IDwall, Instacarro, Justto, Nuper, Omnize, OriginalMy e Teravoz

Tecnologia da informação: Back4app, Cognitivo.ai, Eunerd, Pluga eTotalVoice

 

* Com informações do Valor Econômico e Pequenas Empresas Grandes Negócios

 

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 

(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

registrado em:
Fim do conteúdo da página