Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

MDIC realiza reunião para sensibilizar representantes do agronegócio sobre aplicação de títulos verdes

04.04.18 yana.green.bonds.titulosverdes

A reunião foi presidida pela secretária-executiva do MDIC, Yana Dumaresq

Brasília (4 de abril) – Os green bonds, conhecidos como títulos verdes, voltaram a ser tema de debate no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Liderado pela pasta, o Grupo de Trabalho que discute a emissão desses títulos reuniu-se nesta quarta-feira (4) com representantes de empresas do setor do agronegócio interessados no tema. O objetivo do encontro foi sensibilizar agentes do mercado financeiro sobre a emissão dos green bonds, a economia de baixo carbono e a adaptação às mudanças climáticas.

Os títulos verdes funcionam como títulos de renda fixa utilizados por empresas e governos para captar recursos para investimentos em projetos que preservem o meio ambiente e promovam um crescimento sustentável. Também funcionam como fonte de financiamento, ou refinanciamento complementar, a exemplo de empréstimo e financiamento bancário ou mesmo de recursos próprios do emissor.

A secretária-executiva do MDIC, Yana Dumaresq, que presidiu a reunião, aproveitou o encontro com empresários para destacar que o Brasil apresenta enorme potencialidade para se inserir de forma competitiva no mercado. “Certamente, em projetos agroindustriais ou de base florestal, assim como no campo das energias renováveis, o Brasil é líder mundial e oferece inúmeras oportunidades para investidores e empreendedores”, afirmou.

Para Dumaresq, esse novo mercado está experimentando ganhos substanciais em volumes de negócios e alocação de capitais no mundo todo. “As experiências recentes, incluindo de empresas brasileiras, apontam para uma demanda muito superior à oferta e já alcançou a casa de bilhões de euros”, lembrou Dumaresq.

Durante as discussões, os membros do GT relembraram conquistas do grupo que, no decorrer dos últimos meses, buscaram parcerias para soluções de diversos gargalos da cadeia como, por exemplo, o Memorando de Entendimento firmado no ano passado entre o Banco de Desenvolvimento da América Latina e o Banco da Amazônia. O memorando abre a possibilidade de estabelecer um repasse financeiro referente à abertura de uma linha de crédito do Banco Multilateral ao BASA para financiamento da carteira de Projetos Verdes elegíveis à emissão de green bonds, incluindo o setor da agricultura, florestas e outras áreas no âmbito da região amazônica.

Além de servidores do governo federal e empresários, estiveram presentes na reunião desta quarta representantes da Apex-Brasil, Climate Bonds Initiative (CBI), BNDES, bancos nacionais e internacionais e do setor do meio ambiente.

Em junho deste ano, a Apex-Brasil pretende fazer um roadshow sobre green bonds na China e, no segundo semestre, nos Estados Unidos.

 

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

registrado em:
Fim do conteúdo da página