Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Balança comercial tem superávit recorde de US$ 4,9 bi em fevereiro

Exportações cresceram 11,9% e importações 13,7% em relação a fevereiro do ano passado

Brasília (1º de março) - A balança comercial brasileira fechou o mês de fevereiro com superávit recorde de US$ 4,907 bilhões, resultado de exportações no valor de US$ 17,315 bilhões e importações de US$ 12,408 bilhões. É o melhor saldo comercial registrado no mês de fevereiro da série histórica, registrada desde 1989. O recorde anterior era o de fevereiro do ano passado, de US$ 4,6 bi.

Clique aqui para acessar os dados completos da balança comercial

O valor das exportações do mês é o segundo maior registrado em meses de fevereiro, atrás apenas de 2012, quando as exportações chegaram à cifra US$ 18 bilhões. Já a média diária (US$ 962 milhões) é 11,9% maior que a média de fevereiro de 2017 e também a melhor da série histórica.

As importações também apresentaram aumento de 13,7% em relação a fevereiro do ano passado. O valor importado em fevereiro também é o maior desde 2015, quando foram importados US$ 14,9 bilhões.

O diretor de Estatísticas e Apoio às Exportações do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Herlon Brandão, destacou o crescimento mês a mês do comércio exterior brasileiro, que começou em janeiro de 2017. “Esse é o 14º mês seguido de crescimento do comércio”, afirmou. 

O aumento das exportações deve-se especialmente ao crescimento dos embarques de manufaturados (41,6%). Fevereiro registou vendas de plataforma para extração de petróleo (de zero para US$ 1,5 bilhão), máquinas para terraplanagem (64,9%), autopeças (28,6%), automóveis de passageiros (28,4%), motores para veículos e partes (27,7%) e óleos combustíveis (26,8%).

Acumulado

Os resultados de fevereiro impactaram também no primeiro bimestre do ano, que teve superávit recorde de US$ 7,7 bilhões, com aumento das exportações de 12,9% e de importações de 15%. Os dados dos dois primeiros meses do ano mantêm a expectativa de superávit anual aproximado de US$ 50 bilhões em 2018.

“A economia brasileira está em crescimento. Com aumento do PIB no ano passado e expectativa positiva também para esse ano, a tendência é ocorrer demanda por bens importados em níveis superiores ao crescimento das exportações no período”, avalia Herlon Brandão.

O diretor de Estatísticas e Apoio às Exportações do MDIC destacou ainda o crescimento de 17,2% de importação de bens de capital no bimestre, o que acontece pelo sétimo mês consecutivo.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

registrado em:
Fim do conteúdo da página