Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

MDIC defende fortalecimento da indústria automotiva nacional

WhatsApp Image 2017 12 07 at 17 59 59

Secretário de Competitividade Industrial, Igor Calvet, participou de audiência pública na Câmara dos Deputados

Brasília (7 de dezembro) – O secretário de Desenvolvimento e Competitividade Industrial do MDIC, Igor Calvet, defendeu hoje, na Câmara dos Deputados, o fortalecimento da indústria automotiva nacional como forma de estimular a inovação e a expansão do mercado nacional de veículos elétricos. O secretário participou de debate sobre as alternativas para o desenvolvimento desse mercado e disse que o próximo regime automotivo, que entrará em vigor em janeiro de 2018, prevê medidas de estímulo ao setor.

“Precisamos de uma indústria pujante, que se conecte ao mundo de maneira competitiva. Isso significa maior desenvolvimento tecnológico, que no mercado automotivo, tem a ver com novas tecnologias de propulsão”, declarou.

Durante a audiência pública, promovida pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS), Calvet explicou que, sob a orientação do ministro Marcos Pereira, o MDIC trabalha no texto final da nova política para o setor, o Rota 2030, que deverá ser concluída ainda este ano.

“Nós já realizamos mais de 110 reuniões com o setor privado brasileiro, com órgãos do governo federal, entidades vinculadas e também com os trabalhadores, em um desenho muito democrático de política para o país”, explicou.

No entanto, em razão da complexidade que envolve esse novo mercado, as discussões técnicas sobre a eletromobilidade avançarão ao longo de 2018. “No âmbito do Rota 2030, instituímos um grupo de trabalho sobre eletromobilidade que visa formatar uma estratégia nacional. Esse mercado se altera rapidamente e o Brasil precisa se posicionar”, detalhou Igor Calvet.

Segundo o secretário, os avanços exigirão um esforço conjunto do governo federal, envolvendo o setor privado. “O tema exige convergência e articulação dentro do governo. Vamos ter questões a enfrentar, como infraestrutura, normas e regulamentos. Temos que elaborar, ao mesmo tempo, e de forma coordenada, uma política industrial e uma política regulatória”, acrescentou.

Participaram do debate representantes da Associação Brasileira do Veículos Elétrico, Anfavea, Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Ciclomotores e Similares, Associação Brasileira de Engenharia Automotiva e CPFL Energia.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic
 

registrado em:
Fim do conteúdo da página