Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Brasil vai ampliar venda de veículos com novo programa paraguaio

paraguai 03

Ministro Marcos Pereira participou em Assunção do lançamento do programa Vehículo 0km para la Familia Paraguaya

Assunção (28 de novembro) - O ministro da Indústria, Comercio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, participou nesta terça-feira, em Assunção, juntamente com o presidente do Paraguai, Horacio Cartes, do lançamento do programa Vehículo 0km para la Familia Paraguaya. “Lançamos hoje uma política automotiva cujo objetivo é oferecer para as famílias paraguaias opções de carro zero por menos de 10 mil dólares”, disse o presidente.

O objetivo é ofertar produtos novos, seguros e com qualidade, fabricados por grandes montadoras. O programa deve garantir financiamento, por meio do Banco Nacional de Fomento (BNF) do Paraguai, para cerca de 20 mil veículos num período de 12 meses. O governo brasileiro espera que entre 5 e 10 mil carros fabricados no Brasil sejam comercializados por conta do programa.

O acordo foi feito com montadoras instaladas no Brasil para a venda de cinco modelos populares – Renault Kwid, Fiat Mobi, Ford Ka, VW Gol e Chevrolet Onix. Para o ministro Marcos Pereira, essa iniciativa promoverá a renovação da frota paraguaia, trazendo mais segurança e tecnologia para a população do país vizinho.

“O programa representará uma maior aproximação dos setores automotivos e o início de uma futura integração produtiva do Mercosul, objetivo perseguido por todos os membros do bloco”, disse Marcos Pereira. “O programa será um sucesso e reafirmo o apoio do governo brasileiro a este programa que também é conhecido como ‘carro do povo’”, completou.  

O ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite, destacou a agenda de fomento comercial com o Brasil. “Queremos que a família Paraguai possa ter acesso a carros zero. Fizemos uma parceria com a indústria brasileira, com o Banco Nacional de Fomento sendo responsável pelo financiamento dos carros”. Gustavo Leite participa nesta terça-feira de uma reunião bilateral com o ministro Marcos Pereira.

Um dos pontos centrais do programa é que os carros zero têm garantia da montadora. O mercado paraguaio consome 80 mil carros por ano, desse total 60 mil são veículos usados importados de Japão, Estados Unidos e Coreia do Sul.

Intercâmbio comercial

No período entre janeiro e outubro deste ano as exportações brasileiras para o Paraguai cresceram 23,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, passando de US$ 1,78 bilhão para US$ 2,19 bilhões. A participação do país manteve-se em 1,2%, posicionando-se como o 19º destino das exportações brasileiras neste ano.

No setor automotivo, entre janeiro e outubro de 2017, a corrente de comércio bilateral somou US$ 535 milhões (aumento de 63% em relação ao mesmo período do ano passado), com exportações no valor de US$ 370 milhões (aumento de 58,5%) e importações no valor de US$ 165 milhões (aumento de 68%).

No período, as exportações brasileiras de veículos (automóveis e comerciais leves, caminhões e ônibus) ao Paraguai foi de 10.915 unidades (US$ 121 milhões), o que representa um crescimento, em quantidade, de 235,9% com relação a igual período de 2016.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br
  
Redes Sociais:
www.twitter.com/mdicgov
www.facebook.com/mdic.gov
www.youtube.com/user/MdicGovBr
www.flickr.com/photos/mdicimprensa
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr
https://soundcloud.com/mdic

registrado em:
Fim do conteúdo da página