Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Complexo Químico

Atualizado em: 02/03/2018.

A indústria química brasileira é formada pelos segmentos de produtos químicos de uso industrial (petroquímicos básicos; resinas termoplásticas; produtos e preparados químicos diversos; resinas termofixas; elastômeros; intermediários para resinas e fibras; outros inorgânicos; outros produtos orgânicos; intermediários para fertilizantes; gases industriais; cloro e álcalis) e de produtos químicos de uso final (produtos farmacêuticos; fertilizantes; produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos; produtos de limpeza e afins; defensivos agrícolas; tintas, esmaltes e vernizes; fibras artificiais e sintéticas). Os produtos químicos de uso industrial representam 48% do faturamento líquido do total da indústria química, e o segmento de petroquímica representa 65% do total do faturamento líquido do segmento de produtos químicos industriais.

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) no levantamento “O Desempenho da Indústria Química Brasileira em 2017”, a Indústria química brasileira é a oitava maior do mundo em termos de faturamento líquido (1° China, 2° EUA; 3° Japão, 4° Alemanha; 5° Coreia do Sul; 6° Índia; e 7°França). Em dólares, o faturamento líquido cresceu 9,5% entre 2016 e 2017, passando de US$ 109,2 bilhões para US$ 119,6 bilhões. A indústria química é o terceiro maior setor em termos de participação na indústria de transformação, representando 10,8% do PIB Industrial.

O déficit na balança comercial de produtos químicos é elevado, totalizando US$ 23,2 bilhões em 2017. No mesmo período, as exportações representaram US$ 13,6 bilhões, as importações somaram US$ 36,1 bilhões.

Links Relevantes:

Grupo Técnico sobre Alterações Temporárias da Tarifa Externa Comum do Mercosul (GTAT-TEC)

Grupo Técnico de Acompanhamento da Resolução GMC nº 08/08 (GTAR-08)

Grupo Técnico de Avaliação do Interesse Público (GTIP)                 

Comitê Técnico Nº 1 do Mercosul, de "Tarifas, Nomenclatura e Classificação de Mercadorias" (CT-1)

Comissão Nacional de Segurança Química (Conasq)

Estudos / Dados do Setor

O desempenho da indústria química em 2017 (ABIQUIM)

O potencial de diversificação da Indústria Química Brasileira (BNDES)

Química Verde no Brasil – 2010-2030 (CGEE)

Links de associações e representantes setoriais privados:

Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim)

Associação Brasileira da Indústria de Química Fina, Biotecnologia e suas Especialidades (Abifina)

Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast)

Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados (Abiclor)

Associação Nacional para Difusão de Adubos (ANDA)

Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins (Abipla)

Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg)

Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati)

Associação Brasileira de Produtores de Fibras Artificiais e Sintéticas (Abrafas)

Fim do conteúdo da página