Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Comércio e Serviços > Estatisticas do Comércio Exterior de Serviços > Estatísticas do Comércio Exterior de Serviços - 2018
Início do conteúdo da página

Estatísticas do Comércio Exterior de Serviços - 2018

  • Valores Totais do Comércio Exterior de Serviços do Brasil

Destaca-se abaixo os valores de vendas (exportações) e aquisições (importações) de serviços em 2018, incluindo as quantidades totais de vendedores e adquirentes, o número de registros realizados e de operações cadastradas e, principalmente, dos valores totais das operações de venda e aquisição realizadas no ano.

 

Valores Totais - Venda de Serviços (2018)
Quantidade de Vendedores 12.135
Quantidade de Registros de Venda de Serviços (RVS) 2.757.621
Quantidade de Operações 3.648.200
Valor (USD) 29.257.398.504

 

Valores Totais - Aquisição de Serviços (2018)
Quantidade de Adquirentes 20.448
Quantidade de Registros de Aquisição de Serviços (RAS) 2.175.653
Quantidade de Operações 2.554.706
Valor (USD) 44.125.130.815

 

  •  Serviços vendidos e adquiridos pelo Brasil

Os dados sobre os serviços vendidos (exportados) e adquiridos (importados) pelo Brasil em 2018 são disponibilizados em forma de tabela, que relacionam a lista de serviços coletados a partir do Siscoserv. As operações estão classificadas por posição e por subitem da Nomenclatura Brasileira de Serviços, Intagíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio - NBS.

  •  Parceiros Comerciais (Países) do Brasil

Os parceiros comerciais são aqueles países que realizaram operações de venda ou aquisição de serviços e intagíveis com o Brasil. Além da relação dos países e seus respectivos valores transacionados no ano em pauta, estas tabelas também apresentam o cruzamento entre os dados dos países e dos serviços que foram comercializados entre o Brasil e esses parceiros comerciais.

  •  Operações das Unidades da Federação no Comércio Exterior de Serviços

Outra perspectiva disponível dos dados do Siscoserv é a visão dos dados do comércio exterior de serviços a partir das operações realizadas pelas Unidades da Federação (UF) do Brasil. Ou seja, a apresentação da origem das exportações de serviços do brasil e o destino das importações realizadas. Assim como no cenário de apresentação dos dados de parceiros comérciais, além da lista de UF e seus respctivos valores de venda e aquisição de serviços, as tabelas ainda oferecem dados sobre o cruzamento entre as informações dos estados, os países e os serviços e intagíveis comercializados por essas UF. 

 Operações do Comércio Exterior de Serviços por Modos de Prestação

A apresentação das operações do comércio exterior de serviços do Brasil por modos de prestação, separadas entre as vendas (exportações) e aquisições (importações), é composta pelas quantidades totais de vendedores e adquirentes e pelos valores totais das operações realizadas em cada modo de prestação. Conforme estabelecido no Acordo Geral sobre Comércio de Serviços da OMC (GATS), as informações estão dispostas nos modos de prestação de Comércio Transfronteiriço (Modo 1), Consumo no Brasil ou no exterior (Modo 2), de Presença comercial no exterior (Modo 3) e de Movimento temporário de pessoas físicas (Modo 4).

Como o Modo 3 - Presença Comercial no Exterior é um registro especial dentro do Siscoserv e o prazo para o seu registro é distinto dos demais modos de prestação, sua divulgação ocorre em separado.

Venda de Serviços (2018)
Modo de prestação Valor (USD) Vendedores
Modo 1 - Comércio Transfronteiriço 23.020.752.991 8.448
Modo 2 - Consumo no Brasil 5.878.763.555 4.260
Modo 4 - Movimento temporário de pessoas físicas 357.881.958 863
TOTAL 29.257.398.504

 

Aquisição de Serviços (2018)
Modo de prestação Valor (USD) Adquirentes
Modo 1 - Comércio Transfronteiriço 33.061.655.566 19.045
Modo 2 - Consumo no Exterior 2.163.479.538,22 3.540
Modo 4 - Movimento temporário de pessoas físicas 9.675.949.399 1.398
TOTAL 44.125.130.815

 

  • Dados Consolidados:

 Os dados consolidados de Vendas e Aquisições são disponibilizados em forma de tabelas e descrevem detalhadamente os aspectos mais relevantes do comércio exterior de serviços brasileiro coletados a partir do Siscoserv, classificados por posição e por subitem da NBS. O arquivo consolida as informações publicadas nos itens acima.

  • Notas Metodológicas

O Siscoserv tem por objetivo contribuir para o mapeamento do comércio exterior de serviços brasileiro, seus atores e particularidades, possibilitando, assim, o aprimoramento de ações de estímulo, formulação, acompanhamento e aferição das políticas públicas relacionadas ao setor, bem como o subsídio às negociações de acordos internacionais. O sistema prioriza o fluxo comercial ao fluxo financeiro e, por isso, captura detalhes da prestação de serviços que fogem aos demais instrumentos, como se observa nas Notas Metodológicas.


O modo de prestação do serviço, conforme previsto pela Organização Mundial do Comércio (OMC), contribui para que se possa compreender os modelos de negócio adotados pelas empresas brasileiras e é aspecto determinante nas negociações internacionais. As datas de início e conclusão dos serviços, por sua vez, auxiliam a caracterizar as relações comerciais entre os países. A própria identificação dos atores relevantes deste comércio pelo Governo passou a ser possível. As notas metodológicas, que acompanham a divulgação, contribuem para a compreensão das especificidades dos dados do Siscoserv.

 

Fim do conteúdo da página