Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Secretaria de Comércio e Serviços participa de capacitação de escritórios de arquitetura fronteiriços

A SCS apresentou aos arquitetos os temas Siscoserv, Estatísticas do Comércio Exterior de Arquitetura e Tributação na exportação de serviços

Brasília, (31 de março) -  A Secretaria de Comércio e Serviços (SCS) do MDIC  participou nesta sexta-feira, em Foz do Iguaçu, do projeto “Exportando a Arquitetura Brasileira”. A iniciativa é coordenada pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU) e conta com apoio da APEX, ASBEA (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura) e do Ministério das Relações Exteriores.

Os principais objetivos do projeto são a capacitação dos profissionais e escritórios de arquitetura e urbanismo fronteiriços a competirem na Argentina, Paraguai, Uruguai e Guiana Francesa; o posicionamento internacional dos profissionais e escritórios de arquitetura e urbanismo fronteiriços; e o aumento do número de exportações de serviços arquitetura e urbanismo.

A SCS apresentou aos arquitetos participantes do evento os temas Siscoserv, Estatísticas do Comércio Exterior de Arquitetura e Tributação na exportação de serviços.

Fórum de Alavancagem das Exportações de Serviços do Brasil

Para a diretora de Competitividade Internacional em Comércio e Serviços da SCS, Edna Cesetti, a capacitação de escritórios de arquitetura fronteiriços dialoga com os objetivos do Fórum de Alavancagem das Exportações de Serviços do Brasil, do qual CAU e a ASBEA fazem parteCoordenado pelo MDIC, o Fórum tem por objetivo reunir entidades do setor privado e do governo para trabalhar em uma agenda que possibilite o aumento da competitividade do setor de serviços em sua atuação internacional.

"Nossa perspectiva sempre foi a de atuar tanto como um formulador e articulador de políticas que possam aumentar a competividade do setor de serviços, como apoiar o setor em suas iniciativas concretas que possam trazer resultados objetivos para o aumento da exportação de serviços do país", disse Cesetti. 

“O Brasil possui mais de 150 mil arquitetos e a arquitetura brasileira sempre foi reconhecida em diversos países do mundo. Só para se ter uma ideia a China possui 30 mil arquitetos. É fundamental que esses arquitetos tenham um olhar não apenas para o mercado brasileiro mas para as oportunidades do mercado internacional. Isto é ainda mais relevante quando se trata de profissionais que atuam nas fronteiras do Brasil e que possuem nas cidades vizinhas, quase sempre em países fronteiriços, clientes em potencial”, destacou. 

Exportando a Arquitetura Brasileira

A capacitação realizada pelo CAU contou com a participação de 80 profissionais de arquitetura de várias regiões do estado do Paraná e de outros estados, como Minas Gerais. O evento foi transmitido pelo Facebook do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Paraná e do CAU do Brasil e teve mais de 12 mil acessos. 

O próximo treinamento será realizado em Santana do Livramento, no dia 12 de abril. 

Mais informações estão disponíveis neste endereço

 

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
imprensa@mdic.gov.br 
  
Redes Sociais: 
www.twitter.com/mdicgov 
www.facebook.com/mdic.gov 
www.youtube.com/user/MdicGovBr 
www.flickr.com/photos/mdicimprensa 
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr 
https://soundcloud.com/mdic

registrado em:
Fim do conteúdo da página